02 Nov 2022

Sessão Solene da Semana da Formação Financeira 2022 assinala o dia dedicado às escolas

A Sessão Solene da Semana da Formação Financeira 2022 teve lugar no dia 25 de outubro, no Museu do Dinheiro, e contou com a presença do Ministro da Educação e dos membros do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros. Esta sessão, especialmente dedicada às escolas, incluiu o projeto de revisão do Referencial de Educação Financeira e o anúncio dos vencedores da 11.ª edição do Concurso Todos Contam.

A Sessão Solene da Semana da Formação Financeira 2022 foi transmitida em direto no portal Todos Contam e nos sites dos supervisores financeiros, permitindo às escolas de todo o país acompanhar esta sessão. Se não teve oportunidade de ver, assista aqui à gravação.

A abertura da Sessão coube ao representante da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões na Comissão de Coordenação do Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF), Eduardo Farinha Pereira, que sublinhou o envolvimento dos parceiros do Plano e de cerca de 400 escolas de todo o país, na realização de mais de 500 atividades durante a Semana da Formação Financeira 2022.

Seguiu-se o painel dedicado à revisão do Referencial de Educação Financeira, publicado em 2013, que foi moderado pela Presidente da Comissão de Coordenação do PNFF e representante do Banco de Portugal, Lúcia Leitão. O painel contou com a participação do Diretor-Geral da Direção-Geral da Educação (DGE), José Vítor Pedroso, que avaliou como muito positiva a progressiva introdução da educação financeira nas escolas portuguesas, nos últimos 10 anos, apoiada pelo Referencial de Educação Financeira, pelo programa de formação de professores e pelos cadernos de educação financeira. Neste painel, participou também a Presidente da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda (FACM), Maria Amélia Cupertino de Miranda, que apresentou os resultados de uma avaliação de impacto social do projeto “No poupar está o ganho”, da FACM, um projeto de educação financeira no qual participa um grupo alargado de escolas da zona do Grande Porto, e cujos conteúdos seguem o Referencial de Educação Financeira. O painel contou ainda com o testemunho das professoras Fátima Ribeiro, da Escola Secundária Jorge Peixinho, do Montijo, e Maria Irene Ramos, do Agrupamento de Escolas General Serpa Pinto, de Cinfães, que partilharam a sua experiencia na utilização do Referencial de Educação Financeira em sala de aula. A professora Fátima Ribeiro recordou que a aposta na literacia financeira enquanto oferta formativa autónoma na sua escola surgiu após um curso de professores realizado pelos supervisores financeiros e pelo Ministério da Educação em 2019. A professora Maria Irene Ramos explicou que o trabalho em torno da literacia financeira teve início ainda antes de 2011, quando a sua escola integrou um projeto europeu promovido pela Comissão Europeia, e teve continuidade com as participações assíduas no Concurso Todos Contam, desde a sua primeira edição, em 2012.

Este painel contou ainda com a intervenção da Chefe de Unidade na Direção-Geral da Estabilidade Financeira, dos Serviços Financeiros e da União dos Mercados de Capitais (DG FISMA) da Comissão Europeia. Tatyana Panova apresentou os trabalhos que a Comissão Europeia está a desenvolver para publicar, em 2023, um referencial de competências financeiras para os jovens da União Europeia, sublinhando a importância de apostar na educação financeira nas escolas desde cedo, referindo-se a Portugal como um exemplo no contexto europeu.

A representante da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários na Comissão de Coordenação do Plano Nacional de Formação Financeira, Maria Igreja, deu início à segunda parte da sessão, na qual foram anunciados os vencedores da 11.ª edição do Concurso Todos Contam. A Presidente do Júri do Concurso Todos Contam, Isabel Alçada, fez um balanço desta 11.ª edição do concurso, destacando a qualidade de muitos dos projetos apresentados pelas escolas. Os nomes das escolas premiadas foram anunciados pela Presidente do Júri, pelo Diretor-Geral da DGE e pelos membros do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (CNSF): o Presidente do CNSF e Governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, a Presidente da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, Margarida Corrêa de Aguiar, a Administradora do Banco de Portugal, Ana Paula Serra, e o Administrador da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, Rui Pinto. O “Prémio Professor(a)” foi anunciado pelo Ministro da Educação, João Costa.

Nas suas intervenções, os membros do CNSF reafirmaram o seu compromisso de longo prazo com o Plano Nacional de Formação Financeira, recordando que a formação financeira permite aumentar os conhecimentos financeiros e desenvolver as atitudes e comportamentos adequados, reforçando a resiliência financeira dos cidadãos.

No encerramento, o Ministro da Educação destacou a relevância de existirem iniciavas como a Semana da Formação Financeira e o Concurso Todos Contam, que visam sensibilizar a população em geral, e as escolas em particular, para a importância da literacia financeira. Lembrou que a literacia financeira se cruza com muitas outras áreas do saber (outras literacias) e que tem impacto nos direitos individuais e na responsabilidade para com a sociedade.

O programa de todas as atividades da Semana da Formação Financeira 2022 pode ser consultado no microsite desenvolvido pelos supervisores financeiros para esta iniciativa, disponível em: https://www.semanaformacaofinanceira.com/.