A convite dos Serviços Sociais da Polícia de Segurança Pública (PSP), o Plano dinamizou três sessões de formação financeira, nos dias 1 e 22 de fevereiro e 1 de março, dirigidas a técnicos destes Serviços que prestam apoio e aconselhamento financeiro aos efetivos da PSP por todo o país.

A primeira sessão, que teve lugar a 1 de fevereiro, começou com o tema do planeamento e gestão do orçamento familiar, onde foram analisadas as principais etapas na elaboração de um orçamento e a importância de destinar uma parte dos rendimentos à poupança. Seguiu-se uma apresentação sobre contas de depósito, incluindo a conta de serviços mínimos bancários, e o funcionamento e riscos de diferentes serviços de pagamento associados à conta. O último tema desta sessão centrou-se nos cuidados a ter na aplicação da poupança. Para introduzir este tema, foram analisados, em primeiro lugar, os riscos associados a diferentes tipos de aplicação financeira e depois discutidas as características dos depósitos a prazo.

Na sessão de 22 de fevereiro, os temas foram as características e os riscos dos principais produtos de investimento: ações, obrigações, fundos de investimento e produtos financeiros para preparação da reforma. Foi também debatida a importância da definição correta do perfil do investidor, bem como a atenção que deve ser dada à informação relacionada com o investimento como forma de assegurar decisões informadas e conscientes. Nesta sessão foi também abordado o tema do crédito, através de uma análise das características e custo das diferentes tipologias de crédito.

Na última sessão, a 1 de março, foi concluído o tema do crédito, destacando-se a importância de recorrer de forma responsável ao crédito para evitar situações de sobre-endividamento. Neste contexto, analisaram-se as consequências do incumprimento de contratos de crédito. O último tema desta sessão foram os seguros, em que se apresentaram os principais tipos seguro e os cuidados a ter na sua contratação.